Juíza Magáli Dellape Gomes é a nova Titular da Vara de Família, Órfãos e Sucessões do Núcleo Bandeirante

Juíza Magáli Dellape Gomes

 

 

 

 

 

BRASÍLIA [ ABN NEWS ] — O Presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), desembargador Getúlio de Moraes Oliveira, promoveu a juíza de Direito substituta Magáli Dellape Gomes, pelo critério de antiguidade, ao cargo de juiz de Direito do DF, em cerimônia realizada nesta quarta-feira (11), no gabinete da Presidência. Prestigiaram a cerimônia familiares, amigos, magistrados, entre eles, o Corregedor da Justiça do DF, desembargador Romeu Gonzaga Neiva, o Presidente da Amagis/DF, desembargador Sebastião Coelho da Silva, e o desembargador Mário Machado.

Emocionada, a juíza falou da alegria de chegar à titularização, após sete anos e oito meses de exercício no cargo. Disse que, desde então, a magistratura vem lhe conquistando a cada dia, permitindo que se aprimore em seu ofício, tornando-se uma juíza cada vez melhor. Agradeceu a Deus pelo êxito alcançado e declarou-se muito feliz por ter se titularizado em uma vara de competência cível e de família, sua preferência. Ressaltou que cada processo, cada vida e cada história analisados serão atendidos com muita atenção, justiça, amor e humanidade, além do respeito de sempre.

O Presidente, por sua vez, disse que essa era uma data significativa, momento de compartilhamento com família, amigos e pessoas queridas. Destacou o talento, cultura e dedicação da magistrada promovida por unanimidade, registrando a importância de se analisar os processos da forma mencionada pela juíza, uma vez que “ao mesmo tempo em que aferimos os atos de outras pessoas também nos sentimos julgados”. Lembrou os novos desafios a serem enfrentados agora, na condição de titular, ressaltando a possibilidade de imprimir seu próprio método de trabalho à vara onde irá atuar.

A juíza Magáli Dellape Gomes ingressou na magistratura do Distrito Federal em 08/04/2008, perante a 14ª Vara Cível de Brasília. Desde então, percorreu diversas varas de competência cível, de família, órfãos e sucessões e da fazenda pública. Graduada pela Universidade Potiguar – Natal/RN, é pós-graduada em Direito Público e, antes de ingressar na carreira, exerceu o cargo de Procurador Federal da Advocacia-Geral da União. Promovida, pelo critério de antiguidade, a juíza de Direito da Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, a magistrada irá exercer a titularidade da Vara Cível, de Família e de Órfãos e Sucessões da Circunscrição Judiciária do Núcleo Bandeirante.